[ editar artigo]

Dicas para apresentações

Dicas para apresentações

Para a maioria das pessoas, apresentações em público são motivo de grande nervosismo e ansiedade. Criamos em nossa mente todas as possibilidades de as coisas darem errado: a apresentação vai travar, irão realizar alguma pergunta que não sei responder, tem muitas pessoas na sala e eu vou me engasgar e por aí vai.

Claro que, como em todas as conversas, existem questões que não estão sob o nosso controle. Porém temos a oportunidade de tornar o que é passível de ajuste, o mais simples possível.

Por isso, a seguir, seguem algumas dicas que valem para qualquer apresentação:

1- Estude sobre o tema que você está apresentando.

Quanto mais conhecimento e domínio sobre o tema e até mesmo sobre o arquivo apresentado, mais fácil será a adaptação para a fala. Até mesmo em casos de imprevistos, como esquecer uma palavra, se o tema está claro em sua mente, é possível achar palavras de substituição de forma quase instantânea.

2- Treine sua apresentação.

Já ouviu a frase: a prática leva a perfeição?
Em caso de grandes apresentações, treine com alguém que possa dar dicas sobre melhores falas ou que avise caso esteja repetindo os mesmos termos diversas vezes. Além disso, enquanto a fala é realizada, consegue-se entender o ritmo que tem melhor ajuste ao tom de voz, a maneira de explicar ou até mesmo ao conteúdo que é apresentado.

3- Não tenha medo de errar.

No caso do marketing digital, sabemos que a maior parte das apresentações são baseadas em dados e números. Caso no momento de fala acabar errando algum número, palavra ou frase, não tenha receio de corrigir com: retificando, corrigindo, desculpe inverti os números etc.

4- Simplifique a fala.

Termos técnicos são lindos de serem ouvidos, mas na maior parte dos nossos dias, é importante que quem esteja escutando entenda que budget e investimento são a mesma coisa. Utilizar as metáforas com intuito de comparação no momento de explicação e exemplificar as apresentações com situações que fazem parte do dia a dia do ouvinte também torna a condução mais “fácil”.
 

5- Não é necessário saber tudo.

Já aconteceu de te fazerem uma pergunta que não era possível ser respondida na hora e que te travou a mente, ao ponto de ficar com uma tela azul de erro no seu sistema?
Pois é, todo mundo já passou por algo parecido.
E a dica é: se você não sabe, está tudo bem!
Anote a dúvida, informe que vai verificar e que depois retorna a pessoa que questionou e o principal, fique tranquilo! Ninguém precisa ter tudo na ponta da língua 100% do tempo.


E como dica bônus: lembre-se de respirar!

Para qualquer momento da vida, a respiração vai conseguir auxiliar você a ficar mais calmo e se concentrar no que precisa ser feito.

Vamos falar mais sobre isso? Comente sua opinião ou dica e aperte no botão seguir no topo da página pra receber os novos artigos.

ZAHG Academy
Letícia Mendes
Letícia Mendes Seguir

Publicitária, ariana bem da impulsiva, apaixonada pela natureza e que observa tudo nos detalhes.

Ler conteúdo completo
Indicados para você